quarta-feira , 17 janeiro 2018
Home / Filmes / Jumanji: Bem-Vindo à Selva – Não é a sequência que esperávamos, mas supera expectativas! [Resenha]
jumanjiposter21setembro

Jumanji: Bem-Vindo à Selva – Não é a sequência que esperávamos, mas supera expectativas! [Resenha]

Revivendo o legado de Jumanji, filme infantil de 1995 com Robin Williams considerado por alguns um clássico, mas por vários um fiasco, sua continuação Jumanji: Bem Vindo à Selva consegue trazer para a telona mais que uma releitura previsível. É uma comédia bem estruturada, fiel ao antecessor e criativa na medida do possível.

O filme inicia com uma introdução rasa de personagens estereotipados facilmente reconhecíveis: O atleta descolado, a garota popular e os dois nerds pouco sociais. A apresentação dos heróis não se aprofunda justamente porque o público já conhece esses “papéis” e apesar dos primeiros 20minutos não conseguirem tirar qualquer risada, as sacadas do filme começam assim que os protagonistas se unem e descobrem um antigo e misterioso jogo. Os quatro são transportados para outro mundo, em outros corpos:

O jovem Spencer, (Alex Wolff) especialista em jogos digitais e pouco experiente no mundo real, se torna um destemido e intenso pesquisador de campo na selva de Jumanji. O atlético jogador de futebol americano Fridge (Ser’Darius Blain) vai para a pele de um desajeitado zoólogo. A atraente Bethany (Madison Iseman) se torna um cartógrafo gordo de meia idade, e a tímida Martha (Morgan Turner) é transformada em uma sedutora lutadora marcial.

Tal transformação cria dois ambientes de humor: Enquanto na superfície temos uma comédia de ação exagerada com Dwayne Johnson, Jack Black e Kevin Hart (nomes de peso para o gênero) temos em segundo plano uma meta-comédia construída sobre os jogadores tendo que interpretar personagens completamente diferentes de quem são na vida real.

Contando com um enredo intencionalmente simples e linear, semelhante a um jogo, a equipe mais que satisfatória de atores consegue trazer à tona muito mais que o esperado. Ainda sobre a atuação, o destaque vai para Karen Gillan e Jack Black que transmitem com nitidez a impressão de ser alguém no corpo de outra pessoa (e é preciso ressaltar que em alguns momentos Dwayne Johnson nos convence primorosamente ser um nerd no corpo de um musculoso aventureiro).

As cenas de ação conseguem criar tensão e fazer a plateia se segurar na cadeira, a jornada de crescimento dos heróis para atravessar seus medos e crescer é retratada de forma admirável, e mesmo o vilão não sendo tão bem explorado a justificativa principal é a óbvia: Sendo um antigo jogo de tabuleiro, não há a necessidade de vilões muito profundos.

Por fim, Jumanji: Bem Vindo à Selva é um filme divertido, completo, com uma premissa previsível mas várias surpresas, e nenhuma delas anticlimática.
Está marcado para estrear 4 de janeiro nos cinemas.

Confira o trailer:

Deixe o seu comentário

Comentários

Sobre jokenpo.adm1 nerd

Check Also

o-rei-do-show-trilha-sonora

O Rei do Show [Resenha]

O Rei do Show é um musical estrelado por Hugh Jackman no papel principal como ...