sábado , 19 agosto 2017
Home / portaljokenpo / Valerian e a Cidade dos Mil Planetas: Uma incrível experiência em Ficção Científica [Resenha]
valerian-featured-820x410-750x410

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas: Uma incrível experiência em Ficção Científica [Resenha]

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas é  um filme derivado da HQ franco-belga da década de 60  “Valerian e Laureline”, escrita por  Jean-Claude Mézieres e desenhada por  Évelyne Tranlé. Esse quadrinho se tornou um clássico que inspirou diversas obras de ficção científica, como Star Wars e Quinto Elemento.
O filme é dirigido por por Luc benson, diretor francês conhecido por dirigir  Léon, o Profissional (1994), O Quinto Elemento (1997) e Lucy (2014).

A trama de Valerian se passa no distante futuro de 2740, onde humanos vivem na incrível cidade Alpha, uma metrópole espacial em constante expansão onde mais de 8 mil raças alienígenas vão para  trocar conhecimento cultura e tecnologia.
O protagonista, interpretado por DaneDeHan, é um agente especial que cruza o espaço e tempo realizando missões em sua nave Intruder ao lado de sua parceira, a agente Laureline (Cara Delavigne).
Eles são enviados para Alpha porque um grande mistério ameaça a ordem  na cidade dos mil planetas, e se  o problema não for contido a tempo a paz no universo estará em jogo.

Sobre o filme em si, a história tem um dinamismo muito bom até a sua metade, porém daí em diante há uma queda considerável no seu ritmo. A mudança não estraga o filme, mas deixa a desejar em certos momentos.
As atuações não são ruins, porém estão longe de espetaculares, e um ponto forte do lançamento são os efeitos especiais são incríveis, que te fazem viajar com os personagens de uma forma muito real. Outro ponto positivo fica por conta de sua trilha sonora, harmonizando muito bem cada momento da trama.

O filme poderia entregar muito mais, como prometido nos trailers, mas não decepciona. Quem quer uma aventura despretensiosa vai se divertir bastante.

Confira o trailer:

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas teve o orçamento de 197,47 milhões de euros, e é o filme francês mais caro da história.
Ele estreia no dia 10 de agosto no Brasil.

Autor: João Pedro

Deixe o seu comentário

Comentários

Sobre Augus

Augus
Escritor, músico, contemplador do design do universo e sempre estudando a forma como o destino se organiza. Apreciador sincero da arte e filosofia, e crítico imparcial da cultura nerd mainstream e underground, tenho colaborado com o Projeto JoKenPo desde sua criação.

Check Also

ornn

Conheça Ornn, Fogo Sob a Montanha – O novo campeão de League of Legends!

Apresentado essa segunda (07 agosto) pela Riot Games, o aguardado novo campeão de League of ...